O Gathering

Nos dias 6, 7 e 8 de julho de 2017, o Rio de Janeiro receberá a quarta edição do Scrum Gathering©.

Os Scrum Gatherings são eventos que contam com o suporte da Scrum Alliance e acontecem em várias partes do mundo. O Gathering será realizado no Hotel Windsor Atlântica, na beira da praia de Copacabana, um dos cartões postais mais conhecidos do Rio de Janeiro.

Participar de um Scrum Gathering é ter a oportunidade de trocar experiências, praticar os conceitos aprendidos, discutir desafios e fazer networking ao longo de três dias de palestras e workshops. Na quarta edição carioca estamos esperando um público de 400 pessoas de todo o Brasil e América do Sul, além da presença de palestrantes internacionais.

Nas edições anteriores o clima foi espetacular e a troca de experiências entre os participantes foi o ponto alto do evento – com destaque para o Open Space que sempre acontece aos sábados.

Saiba como será o evento:

Teremos dois tipos de sessão, organizadas em seis trilhas diferentes. Todas as palestras do evento terão a duração de 50 minutos. Já os workshops terão a duração de 90 minutos. Saiba mais aqui:

–==Tipos de Sessão==–

Palestra: são apresentações mais tradicionais, com os participantes sentados em formato de sala de aula. Aqui cabem cases, ideias, experiências, novas descobertas etc. Teremos 3 salas com capacidades diferentes (150, 100 e 70 pessoas).

Workshop: sessões dinâmicas, conhecidas como “mão na massa”, onde o participante efetivamente pratica os conhecimentos adquiridos por meio de dinâmicas, exercícios e discussões em mesas redondas (capacidade para até 60 pessoas, divididas em 10 mesas). Nessas sessões, todo mundo participa!

–==Trilhas do Gathering==–

Trilha 1: Coaching and Facilitation O ScrumMaster é um facilitador. Fato! Técnicas de facilitação são fundamentais na resolução de conflitos e na busca por eficiência. Essa track é dedicada à discussão de técnicas e abordagens que ajudem Coaches e ScrumMasters no seu dia a dia.

Trilha 2: Tools of the Trade Essa é uma track dedicada as discussões técnicas do seu time. Seu time é Ágil, mas ele está realmente construindo o Software com qualidade e da melhor forma? Somos de TI mas será que estamos utilizando as ferramentas a nosso favor ou continuamos fazendo muita coisa de forma manual? Exemplos: O que estamos testando de forma automatizada? Como nos prepararmos para fazer releases de nosso software cada vez mais frequentes (ou até a cada modificação no código-fonte)?

Trilha 3: Product Management Nada é mais ineficiente do que construir um produto que ninguém quer usar. Lean Startup quebrou alguns paradigmas no passado recente, mas e agora? Qual caminho seguir? Essa track discute o futuro da Gestão Ágil de Produtos, desde a definição do que fazer, passando pela estratégia de produto até o uso de métricas para entender mais sobre os usuários e o próprio produto.

Trilha 4: Scaling Agile Ambientes organizacionais complexos frequentemente envolvem muitos produtos e muitos times. Surgem então os desafios de escalar a Agilidade. Quais são as melhores formas? Quais são os cases de sucesso que trazem insights para sua organização seguir a mesma linha? Existe uma fórmula mágica para escalar?

Trilha 5: Agile in Government Cada vez mais a Agilidade encontra espaço no ambiente de governo. Projetos Ágeis para entidades públicas já são realidade. Essa track apresenta cases nacionais e internacionais e discute os rumos da Agilidade no governo.

Trilha 6: Agile outside IT Agile fora de TI já é realidade. Diferentes mercados e segmentos se beneficiam dos princípios e valores da Agilidade. Essa trilha discute caminhos e ideias para levar o Agile a profissionais criativos de todos os tipos.